o seu sítio de poesia

BUSCA SONETO

RIMADOR

SONETOS FAMOSOS
SONETOS MEUS
SONETOS SEUS
COMUNIDADE
HISTÓRIA
RIMADOR
PARA OUVIR
SONETO-ARTE
COMO ESCREVER
LIVRO DE VISITAS
SONETOS NO MUNDO
SOBRE ESTE SÍTIO

Acesse também o Twitter do sítio!
Estamos agora no Facebook! Procure pelas comunidades Sonetos e SONETOS.com.br!
SEUS SONETOS

Os sonetos enviados a SONETOS.COM.BR serão publicados nessa página. SONETOS.COM.BR não se responsabiliza pelo seu conteúdo. Para ver aqui a sua obra, clique na opção à direita ENVIAR SEU SONETO.

SEU LIVRO

Selecione um autor abaixo para ver as suas obras reunidas (entre parênteses, o número de sonetos enviados de cada um deles). Continue escrevendo e enviando sonetos para ter o seu próprio livro virtual!
Eis que surge a poesia... (Mais de 8000 sonetos enviados!)

Página: ANTERIOR PRÓXIMA

SONETO 15501: AS ARMADILHAS DO AMOR O amor leal ... lua num céu estrelado. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15500: A Estrada Mesmo que eu nunca encontre fonte fresc... no fim, me espera uma doce amada! Ritemar Pereira

SONETO 15499: A Donzela Arabela Viu-me pelas costas, evitou ine... , antes fenecem – fauna tão rara!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15498: Dor Magoada e Descontente O beijo estala os lábio... descontente, mas com tanto gosto!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15497: A CHUVA A chuva cai...meus olhos são chorosos , P... s olhos no silêncio...e a chuva cai... caro moura

SONETO 15496: SONETO DE CONFISSÃO Amo-te assim , que mais posso... te É todo o coração para conter-te . carlos moura

SONETO 15495: ESCRAVIDÃO MODERNA Dizem que a escravidão foi abo... não ter teto, nem na mesa o pão! OSWALDO DE SOUZA

SONETO 15494: OS TESOUROS DA CRIAÇÃO As estrelas cintilam lá no... tre um mundo novo e esplendoroso; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15493: CHORA O POETA (...) e o poeta chorava suas mágo... ão se consola um poeta sem amor! lucas Candelária VER LIVRO

SONETO 15492: A dor que Amor Deveras Sente Deitei aquela palavr... a Linha pelo mordaz rato sem asas! Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15491: LAR DE PASSARINHOS Todo ser vivo ... Deus: nosso paizinho. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15490: Soneto da maior saudade Vai-te, já sei como me am... Às mulheres do meu amor, sem choro. Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15489: A BELA E O SONHO Minh´alma em desespero clama a t... ei, e você? FRANCISCO DAS CHAGAS ESMERALDO MOURÃO VER LIVRO

SONETO 15488: Amar é… Amar é cansar-se da nau Solidão? Depois d... orém regressemos lassos de passos… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15487: O SORRISO INTERIOR Encontre dentro de ti o sorris... e Que te levará ao lindo castelo; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15486: Lençóis Fanhos Recorta-se na lagoa azul A silhuet... s fanhos Falam de malas sem alças. Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15485: MEU PÉ DE ABACATE Tua sombra me en... utos a todos encantam. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15484: Sim, Nunca É Tarde... Sim, nunca é tarde, nega, p... e tornava a fazer porque esquecia. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15483: Ah! Nunca É Tarde, Nega... Ah! nunca é tarde, neg... outras sazões: outro saber-sabor. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15482: APENAS SINTA Num abrir e fechar de olhos, despert... re as chaves, os sonhos roubados; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15481: VOCÊ - Ofereço à Amiga Betha M. Costa A... s noites se alongando dolorosas. lucas Candelária VER LIVRO

SONETO 15480: Aquela Noite, Nega... Aquela noite, nega, era tro... a agarrado, agarrado em tua bunda. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15479: Gosto-Te Assim... Gosto-te, minha nega, dos extre... — nua, graciosa, extremamente nua. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15478: Uma Espécie De... Uma espécie de transe a poesia ... ode andar com o Espírito nos céus. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15477: Era Mulher De... Era mulher de áulicos talheres —... .. fora sensato nunca mais voltar. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15476: O Coração... O coração é um cara adultescente. Tr... anhia e jamais viverá sem alegria. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15475: — E Se Ele Vier... — E se ele vier, o que faremos... . — Aí lhe digo: Agora sim: fudeu! Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15474: Se O Amor Morreu... Se o amor morreu, já deu o se... manter os bumbuns bem alçadinhos. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15473: Para Suelen Só assim eu me encho de coragem, Ultr... cróstico que vim te oferecer! jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15472: Para Suelen Só assim eu me encho de coragem, Ultr... acróstico que vim te oferecer ! jose riomar melo

SONETO 15471: Melhor Que Isso... Já inventaram a cama levitante... segurando a escadinha para a irmã. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15470: Se O Amor Morreu, Amiga... Se o amor morreu, amig... que a gente já quase nem notava... Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15469: A Cadeira e a Terra do Nunca Sinuosa, com brandas... e voa Para a Terra do Nunca à toa. Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15468: ONDE ENCONTRAR ESTA TAL FELICIDADE? Felici... da, apesar de sofrida. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15467: A IDEALIZAÇÃO DA MULHER A mulher sem... dele: Sua eterna musa. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15466: FALANDO DE POESIAS E DE POETAS “Tudo v... nós: São Sentimentos. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15465: NOSTALGIA Nostalgia é um estado de... a nos sirvam de lição. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15464: Amor-Lulu O amor foi para o azul feito urubu. Foi... umor — Ph.D. em foder e pós-foder. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15463: O PODER DA INTENÇÃO Transforme o teu querer em in... m a alma virginal, límpida e nua; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15462: Sem retorno Bastava amar, amar unicamente, Para q... tudo dei a quem nada me deu! Aurélio Barata Vivas VER LIVRO

SONETO 15461: SONETO HENDECASSÍLAGO - em 2-9-2011 - às 10h15min.... apenas um escrevinhador... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15460: Naquela Noite... Naquela noite tão tempestuosa, d... ... Lá fora só havia a fria bruma. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15459: Pelos Vales Das Saias... Pelos vales das saias eu... a — muitos delírios e gozosos ais. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15458: A Bola Redondamente borracha Ou de couro legítimo... mpasso Das pernas, bola e cálculo. Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15457: UM DIA DE CÃO Tenebroso estava o céu Ana, te juro... do coração. FRANCISCO DAS CHAGAS ESMERALDO MOURÃO VER LIVRO

SONETO 15456: QUEM AVISA AMIGO É Não acredita nas falsas promes... a Daquelas que ele usou e jogou fora! Bruno Tadeu

SONETO 15455: A Mentira É A Verdade... A mentira é a verdade ce... O que é que ainda não virou piada? Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15454: Tua Mão... Tua mão é sulcada como o mar terminand... m à frente dos sonhos já chegadas. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15453: Morte Do Padre Diga a verdade, nega, e caia fora,... s uma... o mata: enrosca na goela. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15452: ÁGUA Ág... s agradeço a ti, a cada dia! wagner marques lopes

SONETO 15451: Cuidado, Minha Nega!... Cuidado, minha nega!.., S... o gordinho de barbicha, é o frade. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15450: Sempre Que Falo... Sempre que falo, Nina, há um f... va de poder afirmar um pensamento. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15449: HELIANTOS Um campo d’heliantos vicejantes Com sua... ida nesse campo de heliantos! Edir Pina de Barros VER LIVRO

SONETO 15448: Se O Amor Cai, Nina... Se o amor cai, Nina, quebr... e — bem gratos — temos de vivê-lo. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15447: Tive Um Amigo... Tive um amigo tão inteligente, Q... ta: trocou o tédio por felicidade. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15446: A Mesa É sólida de solidão Descontente; sua apare... l ou anil: Coitada da mesa flébil! Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15445: Meu apelo Ponha um pouco de riso neste rosto, Bem... orriso que falta em tua face! jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15444: Perdoar, Nega... Perdoar, nega, setenta vezes set... para os pés na hora que escureça. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15443: Foi Só Te Ver... Foi só te ver, a lua enlouqueceu... e tu, tu nem soubeste quem sou eu. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15442: SONETO A CAPÃO DA CANOA - Porto Alegre – RS, 31 de... as são carícias de mulher ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15441: Soneto a Monteiro Lobato Bom dia, Lobato! cumprim... ostoso o Sítio na tevê e poltrona! Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15440: MÁGOAS E RESSENTIMENTOS Foi mui... somos dois infelizes. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15439: NOSSO AMOR É amor e não paixã... a é pleno de lealdade. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15438: Contratempo A vida também tem de... do outro indiferente. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15437: O PRIMEIRO AMOR Dizem que o prim... ícios a Deus em prece. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15436: Segredo Guardo-o no fun... essa, reza ou romaria. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15435: QUINZE ANOS Encontra-te ainda no ver... a pureza das crianças. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15434: POETA DO HUMOR Foi mesmo um mestre esse Lili Leit... eixando com saudade a boemia. Gilson Rangel Rolim

SONETO 15433: MINHA DEUSA Pela fresta da minha porta a vi... Li... o eu faria? FRANCISCO DAS CHAGAS ESMERALDO MOURÃO VER LIVRO

SONETO 15432: PARODIANDO CAMÕES Sete anos de pastor Jacó serviu... iz porque Raquel amava tanto. Gilson Rangel Rolim

SONETO 15431: TERCEIRA IDADE Que bela turma, a dos cabelos bran... ito gosto esse apelido aceito Gilson Rangel Rolim

SONETO 15430: A NOITE Suave e com leveza sopra o vento. A tarde... l com seus raios cintilantes. Gilson Rangel Rolim

SONETO 15429: Chamadas perdidas Quantas vezes, Cidinha, quantas... chamadas que não atendeste... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15428: Detalhe Quero ser para sempre em tua vida, A dife... alentando, falando de amor... josé riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15427: DIA DO BLOG – 31 de agosto – SONETO HENDECASSÍLABO... enta um democrático diário. IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15426: A VÁLVULA MÁGICA Nós somos uma válvula energética... a viver em sonhos mais profundos; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15425: A Maçã e Outros Eventos A maçã vermelha, estrela ... os legumes, curiosos, acham graça. Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15424: Enviei um soneto ontem, peço que ainda não o publi... gado obrigado obrigado obrigado Roberto Pinheiro

SONETO 15423: Vai por mim Vai por mim,meu soneto! Desacata! Diz... vil assassino de esperança... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15422: Teu propósito Mesmo ciente que vou te ligar De m... smo chumbo trocado não dói... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15421: Soneto do subjuntivo ou Período refratário Digo: ... la de Cervantes. Elliot Scaramal e Felipe Barbosa

SONETO 15420: Soneto do coração. Bate com amor e com saudade, B... ir-me, Ei coração aguenta firme! Roberto Pinheiro

SONETO 15419: A CATEQUISTA Sinônimo de abnegaç... pregando paz e união. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15418: PASSAGENS Veio frágil, mas com brilho de luz sola... ite escura e sem luar. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15417: Vergonha de viver Quis fazer um soneto sem triste... ntir tal vergonha de viver... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15416: SONETO DE UM EX-FUMANTE – Em 29-08-2011 - . - Se... rolongar num organismo são ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15415: ADÁGIOS Ser dono da situação quem não tem esse de... preciso ao outro amar. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15414: UM EMBUSTE POR AMOR Labão por sete anos usou de c... e amor nada o deteria. Almir Sobreira de Oliveira

SONETO 15413: SONETO A SANTO AGOSTINHO – “CONFISSÕES” – em 28 de... nos educou com paciência... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15412: A CHAVE A chave para obter os seus desejos… É enc... teu ser moldou como sempre quis; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15411: ASCENSÃO NA TROVA A trova burilada prevalece no e... e bela trova. Agostinho Rodrigues [Campos/RJ]

SONETO 15410: Banana Deitada A banana, desbotada, Sorri amarela... ra fadiga De a devorarem um terço! Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15409: A Juliana Garcia Prometi escrever-te um soneto P... has, eu as enfeito. Luverlandio Avelino da Silva

SONETO 15408: O RISO DO DISFARCE Quero ser feliz a cada momento... de rir com minha alma sem virtude. Felipe Soares

SONETO 15407: LARANJA MECÂNICA Loucura devassa e incrédula medi... ós, encenando esta Laranja Mecânica Felipe Soares

SONETO 15406: JANELA INDISCRETA Sob uma arcada chamada janela p... vítimas da minha janela indiscreta. Felipe Soares

SONETO 15405: Soneto das Bodas de prata Uma prisão dura menos q... o para se chegar às bodas de prata. Felipe Soares

SONETO 15404: Delícia aquele ungir... Delícia aquele ungir de l... ais é não saber, que é bem melhor. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15403: Pulos, Pulos De Mestra... Pulos, pulos de mestra:... . mas o do alto nunca lhe atendeu. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15402: SONETO A LUPICÍNIO RODRIGUES – In Memoriam – Falec... assim foi sua felicidade ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

ENVIAR SEU SONETO

INDICAR O SÍTIO

VERSOS

"Eu canto porque o instante existe / e a minha vida está completa / Não sou alegre nem sou triste: / Sou poeta..."
(Cecília Meireles)

¨¨¨

"Por isso, não se meta a exigir do poeta / Que determine o conteúdo em sua lata / Na lata do poeta tudonada cabe / Pois ao poeta cabe fazer / Com que na lata venha caber / O incabível..."
(Gilberto Gil)

¨¨¨

"O poeta é um fingidor. / Finge tão completamente / Que chega a fingir que é dor / A dor que deveras sente..."
(Fernando Pessoa)

© 2002-2010 Bernardo Trancoso. Todos os direitos reservados.