o seu sítio de poesia

BUSCA SONETO

RIMADOR

SONETOS FAMOSOS
SONETOS MEUS
SONETOS SEUS
COMUNIDADE
HISTÓRIA
RIMADOR
PARA OUVIR
SONETO-ARTE
COMO ESCREVER
LIVRO DE VISITAS
SONETOS NO MUNDO
SOBRE ESTE SÍTIO

Acesse também o Twitter do sítio!
Estamos agora no Facebook! Procure pelas comunidades Sonetos e SONETOS.com.br!
SEUS SONETOS

Os sonetos enviados a SONETOS.COM.BR serão publicados nessa página. SONETOS.COM.BR não se responsabiliza pelo seu conteúdo. Para ver aqui a sua obra, clique na opção à direita ENVIAR SEU SONETO.

SEU LIVRO

Selecione um autor abaixo para ver as suas obras reunidas (entre parênteses, o número de sonetos enviados de cada um deles). Continue escrevendo e enviando sonetos para ter o seu próprio livro virtual!
Eis que surge a poesia... (Mais de 8000 sonetos enviados!)

Página: ANTERIOR PRÓXIMA

SONETO 15361: A INTENÇÃO ORIGINAL O mapa do tesouro, do desejo…... stidos com sorrisos tão risonhos; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15360: O NOSSO GÊNIO MÁGICO Aprenda a distinguir um sent... ade Invadindo o teu doce coração; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15359: MUSA ITINERANTE (Ao nobre poeta e prestimoso amigo... pela musa itinerante ! Severino Silveira de Sousa VER LIVRO

SONETO 15358: QUEM É VOCÊ ? - em 27.07.2011- Porto Alegre - RS -... penso mais em ti !... Severino Silveira de Sousa VER LIVRO

SONETO 15357: ADORO MÃO FEMININA Cada ser é diferente Cada cabe... azer quente a tarde fria! Francisco Ivo de Araújo

SONETO 15356: E Agora?... E agora?... Estou perdido entre teus ... beleza com um gosto sem ressábios. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15355: Tarde Estética A da foz tarde desaguou em mim… Se... De James Joyce, o qual me parodia… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15354: Mancadas Quantas palavras jogadas ao vento, Quant... ncontros marcados no motel... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15353: Eis-Me A Gozar... Eis-me a gozar minha terceira i... .. um Saci que perdeu o seu gorro. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15352: Era Boa A Madame... Era boa a madame, mas tão boa... ual ao meu André, só meu André!... Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15351: Encosta Encosta no meu ombro,vem sem medos, E dei... u com os valentins da vida... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15350: A Vida, Nega, É Esse... A vida, nega, é esse ir e... que faz no hoje o vinho do futuro. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15349: Ao Páramo Oh! chegaste ao páramo deste meu coraçã... rta-me de ardilosa cumbuca tresa!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15348: Vem Encosta junto a mim, deita, me acalma! Esquec... volúpia de orgasmos eternos. jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15347: Memória de pó Ah! escuto a mesa em que habito… Ou... da, De pó esta memória: que erra!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15346: Chã de Lama O estrambótico gel dental Sorri enigm... h’alma Tão demente – chã de lama!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15345: Amar É Bom Se For... Amar é bom se for pela metad... , a mim me basta ter duas metades. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15344: Tudo Quanto Tentamos... Tudo quanto tentamos esqu... or e vir nesse morrer o único bem. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15343: Um brinde ao garanhão Vou brindar, Valentim, pela... tendo o cio não precisa amar? jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15342: Piedosa mentira Eu fiz do meu propósito a fortale... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15341: SONETO A FAGUNDES VARELA II – Nascimento do poeta ... endo um caminho desditoso ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15340: A Sala A sala partida, sem meio Ou começo e fim, ... Amor!… A vida é temor, só tremor?… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15339: Feche a Porta Feche a porta, antes de sair!… Que ... m corda!… Nau a navegar sem rumo!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15338: Procura-se um Vaga-Lume Noite adentro… Um Vaga-lu... boião Da Lua diz-me que é debalde… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15337: OBRA DO DESTINO Amar e ser amado igualmente É dád... ezo esta paixão confessa. Mario Roberto Guimarães VER LIVRO

SONETO 15336: ASAS DA PAIXÃO Teu mavioso olhar, pura magia, Ins... a paixão, nos entregasse. Mario Roberto Guimarães VER LIVRO

SONETO 15335: NOS MEUS BRAÇOS Não fiz de ti, eu sei, nem deveri... licidade nos meus braços. Mario Roberto Guimarães VER LIVRO

SONETO 15334: Fui Feliz Em Teu Éden... Fui feliz em teu éden, n... quilo que lá em alma já se espera. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15333: Uma Vida É Tão Pouco... Uma vida é tão pouco, meu... eitas da graça longe das estrelas. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15332: Se Não Tens Um Cachorro... Se não tens um cachorr... u se as mando falar o que não sei. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15331: Como vai você Recordas meus receios, nossos medos... or onde andas, como vai você? jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15330: SONETO A ZENO CARDOSO NUNES – In Memoriam – Data d... scritos aqui neste rincão ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15329: CONSELHO - Nascimento do poeta Zeno em 15.8.1917 -... ebe a morte de cabeça erguida. Zeno Cardoso Nunes

SONETO 15328: SONETO – DIA DA INFORMÁTICA – 15 de agosto - Para ... ande num futuro promissor ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15327: Paz de espírito Que das brenhas do meu desassosse... nheiro, por maior, que pague! jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15326: Mão do Tempo Esqueci tudo aquilo que entristece, ... mpo e um dia ela há de vir... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15325: SONETO A EUCLIDES DA CUNHA – In Memoriam – Assassi... a não morre, é permanente ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15324: Cacique Pegou Fama... Cacique pegou fama de gosto... — que dava um remexido alucinante. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15323: Namorei Uma Ninfa... Namorei uma ninfa bem mocinh... o bosque, mas só fui de camisinha. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15322: Desista Não! Desista de ler um verso meu! Procure... ta que não sabe até quando... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15321: Amar Demais É... Amar demais é se amar de menos, ... zê-lo cavaleiro e ser-lhe o potro. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15320: Muitos E Muitos Nos... Muitos e muitos nos odeiam... a que lhe quer uma alma renascida. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15319: Não Raro O Sofrimento... Não raro o sofrimento no... s aquém de todo o sonho de chegar. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15318: Pelas camas Felicidade que nunca é completa, Mome... a profissional sabe fazer... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15317: Lembro Rosinha... Lembro Rosinha bela e ainda púb... — completamente livre e desmamado. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15316: Glorinha Me Pediu... Glorinha me pediu um tal son... — a espicaçar, moer gaios colhões. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15315: Soneto do Desencanto O riso desfez-se em pranto!.... mágoa De Amor tão desmesurado!... Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15314: Gaivota sem Préstimo Gaivota sem asas, por que pe... : que és uma sem préstimo jujuba!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15313: Um Dia, Minha Amiga... Um dia, minha amiga, a noi... assim Ele te ajuda em teu recriar. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15312: Tristes Tisnes Onde estão as prosas, que me envia... esquina, eu perdi tristes tisnes… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15311: Sentimento Íngreme Quem disse que Amor, por amar,... sentimento íngreme por nome Amor!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15310: OS PASSOS DA LIBERTAÇÃO Identifique tudo que não ... te Para uma vida nova e merecida; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15309: SONETO A GONÇALVES DE MAGALHÃES – Nascimento do po... ou-lhe vida triunfante !... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15308: Pai Hoje é Dia dos Pais, hoje é teu dia, Rendo aq... rnos que a sorte determina... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15307: Eu quisera Eu quisera que Deus me desse o dom, Qu... u do sexo uma profissional... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15306: Âncora de dor Ataca e recua sua doce onda elétric... ra de dor em seu coração a fincar… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15305: Desenlace Amoroso Tic-tac!… O relógio da sala de ... ntes sussurram meu hino amavioso!… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15304: O Bilhete:Léxicos de Flores O bilhete pousa nas m... m léxicos de flores em ramalhetes… Edigles Guedes VER LIVRO

SONETO 15303: A ESSÊNCIA ORIGINAL A vida por si só é tão perfei... Com amor pela essência original; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15302: UM TESOURO INESTIMÁVEL O pensamento cria a sua vi... ossas almas… que nos faz existir; Samuel Balbinot VER LIVRO

SONETO 15301: V Amo-te; como o gênio dos amores, Que sejas o cu... mo-te eternamente, quanto o encanto! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15300: Começou assim Começou mesmo assim! O celular Que ... existe num peito de mulher... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15299: Gato escaldado Não quero que aconteça novamente A... fria tem medo...tem pavor... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15298: V Amo-te; como o gênio dos amores, Que sejas o cu... mo-te eternamente, quanto o encanto! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15297: V Amo-te; como o gênio dos amores, Que sejas o cu... mo-te eternamente, quanto o encanto! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15296: V Amo-te; como o gênio dos amores, Que sejas o me... mo-te eternamente, quanto o encanto! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15295: SONETO A TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA – Nascimento do poe... antes só numa identidade... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15294: ACONSELHÁVEL - em 24-07-2011 - Porto Alegre - RS -... sperança dadivosa !... Severino Silveira de Sousa VER LIVRO

SONETO 15293: Sobrevivendo Eu não sei até quando vou ficar A bu... em ao menos, se estou vivo... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15292: IV Como o menino bondoso, chorando Sou forte, e e... nho Amo-te tanto! Amo-te fortemente! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15291: IV Como o menino bondoso, chorando Sou forte, e e... nho Amo-te tanto! Amo-te fortemente! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15290: SONETO - DIA DO ADVOGADO - 11 de agosto - . - Se... a nos Direitos e Deveres... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15289: SONETO - em 10.8.2011 - A barra do horizonte ave... ano em busca do infinito... IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15288: COMO É BOM! Como é bom no entardecer, nas horas m... prazer mirificado!... Severino Silveira de Sousa VER LIVRO

SONETO 15287: SONETO A GONÇALVES DIAS - Nascimento do poeta em 1... mundo ideal das alegorias ! IALMAR PIO SCHNEIDER VER LIVRO

SONETO 15286: LINDO O MAR Lindo são tuas águas que desliza... N... terra, ar. FRANCISCO DAS CHAGAS ESMERALDO MOURÃO VER LIVRO

SONETO 15285: III "Sinto adorar-te; é dos doces amores Sou namo... Beijar-te a tua boca, ó grande arte! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15284: III "Sinto adorar-te; é dos doces amores Sou namo... Beijar-te a tua boca, é grande arte! Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15283: II Amar! Já sei como sentes o peito! Sem me dares... Como eu; estou a vê-la o doce rito. Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15283: II Amar! Já sei como sentes o peito! Sem me dares... Como eu; estou a vê-la o doce rito. Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15282: Tempos bons Antigamente, quando minha fã, O celul... emite ao chegar um torpedo... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15281: II Amar! Já sei como sentes o peito! Sem me dares... Como eu; estou a vê-la o doce rito. Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15280: O Homem Ser homem, ser sábio, ser cauteloso Que p... ce em sua vaidade. Antonio Carlos Araújo da Silva

SONETO 15279: Promessa Prometi nunca mais pensar besteira, Teu ... fazendo das tripas coração... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15278: Meu Deus Santo Quando me lembro que a outro ela d... de volta meus ditosos dias... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15277: Instante de paz Nesse instante de paz, de lucidez... doença que mais nunca sara... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15276: O menino poeta - I Sou livre, ontem eu fui!... Se... descascar-me o meu corpo ardoroso!" Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15275: O menino poeta - I Sou livre, ontem eu fui!... Se... descascar-me o meu corpo ardoroso!" Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15274: O menino poeta - I Sou livre, ontem eu fui!... Se... descascar-me o meu corpo ardoroso!" Lucas Munhoz VER LIVRO

SONETO 15273: Sonhei-Me A Te Puxar... Sonhei-me a te puxar num ... m, me exigias te rachasse ao meio. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15272: Esperando a vez Vou deixar-te refém de teus espas... utro agora esperando a vez... jose riomar de melo VER LIVRO

SONETO 15271: Tive Uma Namorada... Tive uma namorada de olho to... era tão belo quanto olhar de lado. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15270: O Melhor Desta Vida... O melhor desta vida, nega,... — um rir para poder seguir a rir. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15269: Em Menino... Em menino, adorava ver insetos copul... ssim, assim... até o fim do mundo! Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15268: Preciso De Um Amor... Preciso de um amor bem inse... que ela ensina a jogar o bilboquê. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15267: Agora Que Você... Agora que você se foi, que faço... dade, com esta bela, lírica tesão? Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15266: Quando A Linda Princesa... Quando a linda princes... eludo, enorme: um baita cachorrão. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15265: O DESABAFO DE UMA ANTI-HEROÍNA Eu cantarei de amo... vadia! Eu para ti não significo nada. Bruno Tadeu

SONETO 15264: Não, Não Quero Acordar... Não, não quero acordar ... o amor já nos faz seu belo vinho. Laerte Antônio VER LIVRO

SONETO 15263: O Mundo, Minha Amiga... O mundo, minha amiga, não... há uns poucos que têm boa vontade. Laerte Antônio VER LIVRO

ENVIAR SEU SONETO

INDICAR O SÍTIO

VERSOS

"Eu canto porque o instante existe / e a minha vida está completa / Não sou alegre nem sou triste: / Sou poeta..."
(Cecília Meireles)

¨¨¨

"Por isso, não se meta a exigir do poeta / Que determine o conteúdo em sua lata / Na lata do poeta tudonada cabe / Pois ao poeta cabe fazer / Com que na lata venha caber / O incabível..."
(Gilberto Gil)

¨¨¨

"O poeta é um fingidor. / Finge tão completamente / Que chega a fingir que é dor / A dor que deveras sente..."
(Fernando Pessoa)

© 2002-2010 Bernardo Trancoso. Todos os direitos reservados.